Pontos Turísticos

La Nave Degli Immigranti

A nave dos Imigrantes, em português, é o monumento mais representativo da imigração italiana. Construído em 1986, em Serafina Corrêa, chama a atenção principalmente por sua originalidade. É a expressão ímpar da coragem, da beleza e da história construída pelas pessoas que aportaram no Brasil, fazendo deste lugar sua nova pátria.

La Nave Degli Immigranti é de autoria de Paulo Batista de Siqueira que nasceu em 26 de julho de 1949, em Soledade/RS. O artista plástico dedicou-se à pintura, à escultura, foi paisagista e ceramista. Na escultura, costumava utilizar sucata como matéria-prima, criando obras absolutamente originais, somando mais de 60 monumentos espalhados em todo o Brasil, Argentina e Paraguai. Paulo Batista de Siqueira morreu em 30 de julho de 1996.

O monumento La Nave está situado em frente ao Centro Administrativo Amantino Lucindo Montanari, Avenida 25 de Julho, Serafina Corrêa. Representando a vinda histórica dos imigrantes italianos nos navios, La Nave homenageia e destaca a bravura e o significado da imigração e da construção do Estado do Rio Grande do Sul.

Os elementos que compõem a obra têm a originalidade e a subjetividade próprios da grandiosa concepção artística. A Guerreira Amazona postada sobre o Globo Terrestre nos transmite a ideia da expansão cultural italiana, especialmente dos imigrantes que emigrarem para o Brasil. A Guerreira significa a Península Itálica conflitada pelas paixões políticas, coberta pelas glórias e sofrida pelos temores das guerras.

Outro elemento é a Mãe com o filho nos braços, mostrando a missão sagrada de mulher, gerando vidas e dando continuidade às gerações e à história de muitas lutas e conquistas. A mulher, seio da vida, representa a maternidade e a continuidade da descendência.

Os Ventos Alísios e as correntes marítimas da zona equatorial atlântica representam a força, o clima e o tempo que impulsionam a Nave.

As figuras humanas representam a força do homem que aqui aportou, fabricando suas ferramentas, dando origem às conquistas hoje comemoradas da indústria, da metalurgia, da agricultura e da pecuária.

A figura alada, à proa, simboliza o tempo que voa para o infinito, rumo à eternidade.

Na época de sua inauguração, La Nave Degli Immigranti recebeu uma placa com os seguintes dizeres: Homenagem do Poder Executivo e Legislativo e do Povo de Serafina Corrêa àqueles que, deixando seu solo pátrio atravessaram o oceano atlântico e aqui aportaram, fazendo de sua epopeia uma das páginas mais lindas de sua história universal, enriquecendo a Pátria Brasileira com sua cultura, trabalho e perseverança. Serafina Corrêa, 20 de Julho de 1986.

La Nave Degli Immigranti é o monumento histórico de maior expressividade do município de Serafina Corrêa, sendo uma referência e um destaque pela originalidade, grandiosidade e pela honrosa homenagem do povo serafinense aos imigrantes italianos e sua bravura ao iniciar a história deste município próspero, digno e apaixonante.

 

Talian

La Nave Degli Immigranti

 

La ‘Nave Degli Immigranti’ la ze el monumento che pì rapresenta la imigrassion italiana ntel RS. Costruita ntel 1986, a Serafina Corrêa, la ciama atension per la so originalità. La ze ‘na espression de coràio, belessa e stòria fata par ricordar la gente che ze rivada in Brasil e qua, in sto posto, i ga scogliesto far la so nova Pàtria.

La ‘Nave Degli Immigranti’ la ze sta fata par Paulo Batista de Siqueira, nato el 26 lùlio del 1949, a Soledade-RS. El artista el ga dedicà la so vita a la pintura e scultura, cerámica e laorea anca come paesagista. Ntela scultura el disea che doperea cose fora de uso, o rifiuti de metal e, de ste robe vansade el fea grande òpere originali e el gavea de romai, pì de 60 monumenti in Brasil, Argentina e Paraguai. Paulo Batista de Siqueira el ze morto ntel 30 lùlio del 1996.

El monumento ‘La Nave Degli Immigranti’ el ze davanti al Centro Aministrativo Amantino Lucindo Montanari, ‘Via 25 de Julho’ a Serafina Corrêa. Rapresentando la imigrassion stòrica dei italiani ntele nave, la ze un omàio e discato par la grandessa de tuto che rapresenta sta gente che col so laoro ga fato parte importantìssima dela costrussion del Rio Grande do Sul.

I elementi che i ze sora la Nave i ga la originalità pròprio de un artista. La Gueriera Amasona postada sora el Globo Terestre la ne passa la idea de espansion cultural italiana, in modo special a quei vegnesti in Brasil. La Gueriera significa la Penìnsula Itálica in conflito par le passion polìtiche, coerta par la glòria e piena de soferensa par la paura de le guere.

Un altro elemento el ze la Mare col fiol ntei brassi che la fa veder la mission sacra dela dona, che la genera vite e la dona la continuità a le gerassion e a la stòria, con molte lute e conquiste. La dona, seno de vita, rapresenta la maternità e la continuità de le dissendense.

I Venti e le corenti marìtime de la zona equatorial atlántica i rapresenta la forsa, el clima e el tempo che i dona impolso a la Nave.

Le figure umane le rapresenta la forsa del omo che qua ze rivà, e che ga fato co le so man le feramente del so laoro, quele che ga dato orìgine a le conquiste che ancoi se comemora ntele fàbriche, agricoltura, slevamento de bestiame e metalùrgiche.

La figura co le ale de la prova, la vol dir el tempo che vola par l’ infinito, in diression a la eternità.

Quando i ga inaugurà ‘La Nave Degli Immigranti’ la ga ricevesto ‘na
targa con sti scriti: “Omàio del ‘ Poder Executivo e Legislativo’ al pòpolo de Serafina Corrêa e a quei che, dassando la so tera madre i ga atraversà el mar e qua i se ga fermà e fato de sta epopèia una de le pàgine pì bele de la stòria universal, laorando par far pì siora la Pàtria Brasiliana co la so cultura, laoro e perseveransa. Serafina Corrêa, 20 Lùlio 1986.”
Ires Catarina Rottava Franciosi

‘La Nave Degli Immigranti’ la ze el monumento stòrico de pì grande valor che rapresenta la cità de Serafina Corrêa, la ze referensa e distaco par originalità, grandiosità e par esser un degno omàio del pòpolo serafinense ai imigranti e a la so braura par scomissiar la stòria de sta cità pròspera, degna e apassionante.

Tradução de Solange Maria Soccol
Revisão de Marinete Salvi Tortelli

English

La Nave Degli Immigranti

 

It is the most representative monument of Italian immigration. Built in 1986, in Serafina Corrêa, it draws attention mainly for its originality. It is the unique expression of the courage, beauty and history built by the people who landed in Brazil, making this place their new homeland.

La Nave Degli Immigranti is by Paulo Batista de Siqueira who was born on July 26, 1949, in Soledade / RS. The plastic artist devoted himself to painting, sculpture, landscaper and ceramist. In the sculpture, used to use scrap as raw material, creating absolutely original works, adding more than 60 monuments scattered throughout Brazil, Argentina and Paraguay. Paulo Batista de Siqueira died on July 30, 1996.

The monument is situated opposite the Amantino Lucindo Montanari Administrative Center, 25 de Julho Avenue, Serafina Corrêa. Representing the historical coming of Italian immigrants on ships, La Nave honors and highlights the bravery and meaning of immigration and the building of the state of Rio Grande do Sul.

 

Tradução: Carina Magrin

Como Chegar

Comentários